quinta-feira, janeiro 27, 2011


Quis...
Quis tanto, que consegui.
Consegui demais e desisti.
Desisti e comecei de novo.
Comecei e percebi que é sempre assim.
Mas eu nunca deixo de tentar.
Isso é o mais importante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário